Anúncio-Google-Cabeçalho

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Moçambique está "nervoso" com o aumento da imigração portuguesa

Escritor considera que Moçambique podia ganhar com uma política de imigração que aproveitasse as pessoas mais qualificadas.

O escritor Mia Couto considera que Moçambique está a reagir de forma nervosa ao aumento da imigração portuguesa.

Em declarações à Renascença, o autor, que recebeu esta semana em mãos o Prémio Camões, afirma que Moçambique não tem "uma política, uma estratégia, uma visão para lidar com o assunto da imigração e a primeira resposta é uma resposta nervosa de quem está a ser posto em causa".

Mia Couto lembra que a economia moçambicana precisa do impulso da imigração qualificada.

"Tenho pena que assim seja, porque essa imigração seria positiva, porque estas economias – quer seja Angola ou Moçambique – vivem um momento de grande dinâmica e precisariam de gente que, a um certo nível, desse mais ímpeto a esse novo dinamismo."


Para visitar a fonte da informação clique aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário