Anúncio-Google-Cabeçalho

segunda-feira, 24 de junho de 2013

PSI-20 cai quase 3% na quarta sessão de perdas consecutivas

As acções portuguesas mantiveram a tendência de queda que marcou as últimas três sessões da semana passada, com os títulos do BCP e da Galp Energia a serem os que mais pressionaram.
O índice PSI-20 recuou 2,95% para 5.290,84 pontos, com 18 cotadas em baixa e duas em alta. Nas últimas quatro sessões, o índice principal recuou 10,1% e está a negociar em mínimos de Dezembro último. A tendência também foi de perdas entre as principais praças da Europa, com o índice de referência Stoxx 600 a negociar em baixa de 1,48%.

Por cá, os títulos do BCP foram os que mais pressionaram ao recuarem 7,61% para 0,085 euros. No restante sector, o BPI declinou 5,17% para 0,862 euros e o BES perdeu 3,19% para 0,606 euros. Já o Banif encerrou inalterado nos 0,098 euros.

A petrolífera Galp Energia também se destacou pela negativa, ao depreciar 3,05% para 11,435 euros.

A petrolífera Galp Energia também se destacou pela negativa, ao depreciar 3,05% para 11,435 euros.

A retalhista Jerónimo Martins perdeu 2,85% para 15,17 euros por acção, num dia em que viu os analistas do Citi Research reduzirem o preço-alvo das acções de 21 para 20 euros, mantendo inalterada a recomendação de “comprar” para os títulos.

No sector da electricidade o dia também foi de perdas com a EDP a desvalorizar 1,80% para 2,395 euros e a EDP Renováveis a descer 2,05% para 3,575 euros por acção.

Nas telecomunicações o destaque foi para a Zon Multimédia, que perdeu 4,43% para 3,45 euros por acção, enquanto a Sonaecom depreciou 0,80% para 1,497 euros. Já a Portugal Telecom declinou 2,19% para 2,82 euros.


Sem comentários:

Enviar um comentário