Anúncio-Google-Cabeçalho

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Jovem queimado vivo durante protesto na Venezuela



Um jovem de 22 anos foi este fim-de-semana hospitalizado, na sequência de um ataque das autoridades policiais com recurso a gasolina e fósforos durante uma manifestação da oposição na capital da Venezuela. O líder do país, Nicolás Maduro, mandou intensificar nos últimos dias a repressão contra os movimentos anti-regime, que se recusam a compactuar com a miséria e a instabilidade política e social em que a Venezuela se encontra mergulhada.

A confirmação do ataque em Chacao, no leste de Caracas, foi dada este domingo pelo Ministério Público venezuelano. O jovem, Orlando José Figuera, que se entrava junto à manifestação, terá sido acusado de ser “chavista” (simpatizante da revolução) e começou a ser agredido pelas autoridades, que o cobriram com gasolina e atearam fogo ao seu corpo.


Se desejar visitar a fonte da informação, clique aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário